ERASTO GURGEL BANHOS viveu intensa e alegremente de 1919 a 1991. Meus agradecimentos especiais à D. Odete (viúva) e aos filh@s Celia, Nice, Vavá e Eliton Banhos que, amorosamente, cederam material e depoimentos valiosos para o blog.
O blog é em homenagem à vida e à obra deste grande ser humano que há 20 anos foi brincar em outras paragens, à beira d'água. Viva o Palhaço Alecrim, Viva Erasto Banhos, sempre!!!

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Poeta Joãozinho Gomes homenageia palhaço Alecrim

A imagem pode conter: 1 pessoa
"Erasto Banhos, foi um Palhaço que fez muito sucesso em Belém nas décadas de 60/70, o Palhaço Alecrim. Alecrim alegrava crianças e adultos, em festas, programas de rádio e TV. Bem me lembro de ainda criança deleitar-me com as apresentações do Palhaço Alecrim, o que me levou definitivamente a admirar e profundamente respeitar esse artista do riso, o semideuses do bom-humor chamado Palhaço! E, não concordando com a infeliz comparação das mais diversas crueldades sociais, com a palhaçada, e menos ainda, com a comparação de canalhas malfeitores, com o Palhaço; escrevi essa letra para canção chamada de "O Sábio Brincalhão" a qual, alegremente dedico a minha amiga, Clara Vieira, que tem por esse nobre artista, o Palhaço, um imensurável carinho; e um incomparável respeito.

O SÁBIO BRINCALHÃO
Para Clara Vieira

Não compare Palhaço com ladrão
O Palhaço não é um malfeitor
O Palhaço é um sensível cidadão
Que se mostra no choro do Pierrot
Palhaçada é o forró do coração
Não a farra de um corruptor
O Palhaço é a risada da nação
O ladrão é o cretino que a roubou
Não se pinte de clown ou de bufão
Pra dizer que um patife o enganou
Pra mostrar grande indignação
E provar que um sujeito é impostor
O Palhaço é o nome da canção
Que o Gismonti ao piano preparou
Talvez como um pedido de perdão
Ao artista que o povo difamou...
Não compare Palhaço com ladrão
O Palhaço não é um infrator
O Palhaço é um sábio brincalhão
Semideus do sagrado bom-humor
Palhaçada é a grande diversão
Para o tanto que o mundo já chorou
Muito embora sorrir seja ilusão
A um rosto onde a graça terminou

Joãozinho Gomes
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1199394046820713&set=a.572037146223076.1073741828.100002503861380&type=3&theater